O MOVIMENTO CONFESSIONAL

Dentro da Igreja Metodista
UM  SO  SENHOR,  UMA  SO  FE,  UM  SO  BATISMO”
Por que uma Fe Evangelica Ortodoxa?
Por:  Bispo G. Lindsey Davis

Este discurso foi daso pelo Bispo G. Lindsey na Conferencia Nacional do Movimento Confessionaldentre da Igreja Metodista realizado em Tulsa, Oklahoma, em 16-18 de abril de 1998. Bispo Davis e o residente da Conferencia(regiao) Norte da Georgia e vive em Atlanta , Georgia .

Bispo Davis afirma claramente que a base das crises que a Igreja Metodista tem enfrentado esta centrada “severamente no contraste do entendimento da autoridade das escrituras e na natureza da revelacao divina”. Ele e sem duvida a favor da doutrina centralizada nas escrituras e no viver santo”. Bispo Davis afirma que “separar a revelacao divina do testemunho biblico e pura heresia”.

Esta e uma mensagem de um Bispo que conclue com um sinal de esperanca para aqueles que suportam os principios classicos da fe biblica. Bispo Davis diz que  nos “nao estamos na saida: nos estamos na entrada”. Ele traz uma mensagen nova e positiva centrada na fe biblica no nosso Senhor Jesus Cristo.

Para mais informacoes sobre o Movimento Confessional escreva para:

The Confessing Movement, 7995 East 21st Street , Indianapolis , Indiana – 46219.
Graca e Paz,
John Ed Mathison
Presidente do Movimento Confessional

A minha vinda para esta conferencia hoje, nao e apenas uma resposta pela gentileza do seu convite, mas tambem uma tentativa de seguir as pegadas de dois homens pelos quais eu tenho grande admiracao – Bispo William R. Cannon e Bispo Earl G. Hunt.

Bispo Cannon foi um intellectual brilhante e um teologo astuto , assim como o Bispo Hunt. Eu sou apenas o mais pratico dos teologos. No fundo, eu sou um pastor que serve como bispo; um homem de jornada, itinerante, pregador Metodista, que ama o Senhor e a nossa igreja de todo coracao.

A Igreja Metodista tem sido para mim a ferramenta pela qual a Graca de Deus tem abracado a minha vida. Esta Igreja tem sido pai, mae, irma e irmao para mim na minha jornada de fe. Eu tenho afirmado com alegria o meu compromisso de viver meu testemunho em nossa Igreja atraves da Ordenacao e Consagracao dos votos, e de todos os compromissos, os mais importantes foram o meu Batismo e a minha Profissao de Fe aos 9 anos. Eu venho esta manha porque eu acredito que isto e importante para nos termos uma conversa crista sobre o futuro da nossa igreja. Aqui neste lugar estao clerigos e leigos de algumas das nossas congregacoes mais vitais. Eu quero ouvir cuidadosamente o que voces tem a dizer.

Eu tambem venho esta manha com o espirito preocupado pelas crises que confrontam a nossa denominacao. Aparentemente , nossa dificuldade parece ser uma crise politica – uma luta centrada na ordem e disciplina. As circunstancias envolvendo os processos Creech em Nebraska tem causado uma confusao significante na vida da nossa igreja. E fundamental, em meu ponto devista, que o Conselho Judicial esclareca a situacao o mais rapido possivel. Argumentar que a proibicao contra a uniao do mesmo sexo de alguma maneira pode ser ignorada porque ela e um Principio Social e violar o senso comum basico, ignorar o pano de fundo do nossso sistema coneccional da Igreja Metodista e ignorar toda a evidencia contida no restante das nossas regras (disciplina). Para evitar as intencoes claras da Conferencia Geral com o argumento de que os Principios Sociais nao sao relacionados com esses problemas parece ser a pior maneira de legalismo que nao e digno do nosso compromisso nesta Igreja coneccional.

A Conferencia Geral tem afirmado consistentemente que casamento e um compromisso entre um homem e uma mulher. Por causa daqueles em nossa Igreja que tem por 20 anos insistido em desafiar essa afirmacao, A Conferencia Geral adicionou intencionalmente a linguagem restrita  que “cerimonias que celebram unioes de homosexuais nao devem ser executadas pelos nossos ministros e nao devem ser executadas em nossas igrejas”. A intencao e obvia  e a decisao 694 do Concilio Judicial deixa bem claro que mesmo  a Conferencia Annual nao tem autoridade para estabelecer ou alterar os sacramentos e rituais oficiais da Igreja Metodista. Permitir que um pastor fuja da responsabilidade por uma acao que e negada por uma Conferencia Annual e ridiculo. A falha do nosso Sistema Judicial nesse caso tem espalhado ameaca de vida frustracao e confusao em nossa amada Igreja. Isso tambem tem levado a questao da habilidade do nosso sistema em manter um ao outro responsavel.

Eu desafio nosso Concilio Judicial a preservar a linguagem restrita dos Principios Sociais. Embora os Principios Sociais possam nao ser o melhor lugar para essa proibicao ter sido colocada, no Livro de Disciplina (Canones), ela esta la e e clara e ela e tambem expressada no poder legislativo. Ignorar isto como particularidade ridicularizaria qualquer coisa coneccional. Se o Concilio Judicial nao pode apoiar as intencoes do Livro de Disciplina (Canones) entao eu nao vejo outro recurso senao convocar uma sessao especial da Conferencia Geral. O Gabinete de nomeacao da Conferencia Norte da Georgia em St. Simons, votou unanimemente ontem para convocar uma sessao especial. Nosso povo merece ter essa questao esclarecida o quanto antes. Esperar ate o ano 2000 em Cleveland apenas resultaria em prejuizo espiritual para nossa Igreja. Como Bispo da Conferencia Norte da Georgia. Eu ficaria feliz em hospedar uma sessao especial em uma das areas de nossa igreja.

Eu disse a momentos atras, nossa crise atual parece estar no nivel da politica e da lei da nossa igreja. Entretanto, eu acredito que haja  uma crise profunda sob o nivel de nossos problemas atuais. Um deles nao e necessario ir a fundo em discussoes dos problemas relacionados com o assunto da homosexualidade, a natureza da Trinidade da fe, o significado da encarnacao, ou outros topicos dentro da vida da nossa Igreja o forte contraste compreendido na autoridade das Escrituras e a natureza da revelacao divina. Este desacordo substancial foi ressaltado mais claramente no recente documento, Em Busca da Unidade, vindo dos dialogos na Teologia da Diversidade.

John Wesley proclamou a centralidade da Escritura pela doutrina e pelo viver santo. Para ele a Biblia era a autoridade basica da vida crista e onde a verdade aparecia  clara e nao havia alternativa mas obediencia por aqueles que desejavam ser totalmente fieis a Deus. Wesley achava isto incrivel que havia pessoas Metodistas que acreditavam ser eles mesmos recebedores de uma nova e expansiva revelacao de Deus que estava alem dos canones das Escrituras. Neste diario, Wesley disse, (Volume 1, pagina 201) “Eu nao aceito outra regra, senao pela fe ou pratica, que as Sagradas Escrituras. Deus e as Escrituras … me ordenam a instruir o ignorante, reformar o perverso e confirmar o virtuoso.” Isto foi, meus amigos, o cristianismo das Escrituras que marcou a Igreja Primitiva e levou os santos a uma vida de fe e obediencia. Mas agora, tambem, que isto os leva a ser ridicularizados e perseguidos pelo bem da justica. Entao isto sera para todo aquele que permitir que as escrituras sejam seu mapa de fidelidade.

Infelizmente, nos temos vozes significantes dentro da nossa Igreja que tem diminuido a visao da centralidade das Escrituras. Teorias alheias de interpretacao biblica tem assumido um lugar proeminente no pensamento de alguns de nossos irmaos e irmas. Agora, todo coonhecimento e feito possivel por Deus, e por ultimo, eu acredito que todo conhecimento e consistente com a vontade de Deus. Muitos insights da esfera moderna social, psicologica e filosofica pode ser ajudador para nos, mas eles nao sao substitutes das Escrituras. A revelacao suprema de Deus em Jesus Cristo e revelada em sua forma final atraves do testemunho biblico.

Deixa-me dizer uma breve palavra sobre a revelacao divina. Para mim, a revelacao divina nunca e disconecta da atividade do Espirito Santo, e Jesus Cristo e o conteudo do Espirito Santo (Stokes, Teologia da Pregacao, pagina 281). Sao Paulo disse, “ Ninguem diz Jesus e Senhor senao pelo poder do Espirito Santo”. A teologia de Paulo vem de sua propria experiencia da ressurreicao de Cristo. Separar a divina revelacao do testemunho biblico e declarar heresia.

Diante disto nossa crise atual parece estar centrada em politica, ordem disciplinar e lei. Mas embaixo dessa aparencia ela tambem pode ser vista como de carater teologico. Mas eu ainda quero ir um pouco mais longe e sugerir a voce nessa manha que a nossa crise verdadeira seja de fato de santidade pessoal, especialmente entre nossos lideres esperituais. O Salmo 25, versiculo 4 diz, Faze-me saber os teus caminhos, Senhor;  ensina-me as tuas veredas. Guia-me na tua verdade, e ensina-me; pois tu es o Deus da minha salvacao; por ti espero o dia todo.” E no versiculo 8, “Bom e reto e o Senhor; pelo que ensina o caminho aos pecadores. Guia os mansos no que e reto, e lhes ensina o seu caminho. Todas as veredas do Senhor sao misericordia e verdade para aqueles que guardam o seu pacto e os seus testemunhos.” Na minha visao, a grande crise que afeta a nossa Igreja hoje e a perda da lideranca espiritual nos pulpitos e nos bancos de nossas congregacoes. Simplismente afirmo, nos temos ate entao , muitos pastores e lideres leigos que nao estao no caminho, que nao estao abertos a lideranca de Deus – que nao estao disponiveis a serem realmente ensinados – que nao sao diariamente transformados pela graca de Deus e nao sabem como liderar outros neste processo de mudanca espiritual.

Meu sonho para a nossa Igreja e de que cada clerigo, cada leigo, cada superintendente distrital, cada bispo, cada membro da diretoria e agencia, cada professor de seminario, e cada missionario queira nada mais do que ser transformado diariamente, aproximando-se mais e mais da mente e do coracao de Cristo.

John Wesley pregou a graca santificadora – a nocao de que Deus nao faz somente alguma coisa por nos (salvacao neste mundo e no ceu), mas que Deus tambem faz algo dentro de nos. Pela intervencao diaria de Deus e a graca transformadora nos podemos mover firmemente em direcao a uma vida de santidade. Como nos atendemos as diciplinas espirituais (oracao constante, leitura da palavra, jejum, Santa Ceia, conversao crista, atos de misericordia e atos de compaixao) entao a graca santificadora de Deus trabalhara dentro de nos para nos dar uma vida de paz, seguranca, esperanca e fidelidade. Nossa Igreja literalmente grita em todos os niveis por este tipo de lideranca espiritual – pessoas transformadoras que podem levar outras em direcao a uma vida crista integral.

Agora  e no meio da nossas conversas, eu quero colocar uma palavra pastoral de cautela. Meus amigos, agora nao e hora para aqueles de nos que apoiam os classicos principios de nossa fe abandonar nosso compromisso de engajamento para com a Igreja Metodista. Teologicamente, e doutrinariamente, nos representamos a grande maioria do povo Metodista. Nos nao somos um grupo minoritario clamando por reconhecimento e nos nao devemos agiur como um deles. Nos representamos a principal corrente de nossa Igreja e esta perspectiva deve nos dar esperanca e confianca. Esta nao e hora para pessimismo. “ Se eu creio na bondade de Deus e na soberania de Cristo, como nao acreditar na supremacia maxima de justica” ( Moore ). Amigos, aqueles de nos que apoiam os principios classicos biblicos da fe nao estao na saida; nos estamos na entrada. Agora e hora de permanecermos firmes, determinados sabios e afirmados. E embora eu entenda as frustracoes e a revolta de muitos de meus amigos que estao profundamente preocupados com os acontecimentos recentes, nao e ajudador para nos abandonarmos nosso compromisso. Agora e hora para consistencia, cabeca fria e espirito energizado. Tambem e hora para humildade espiritual. Repetidamente nas cartas de Wesley ele advertia seus seguidores para se guardar do ‘mal’ ou ‘idolo’ raciocinio humano e apoiar-se na simples verdade de Deus. Nos dias vindouros na vida da nossa Igreja chama a todos nos a reconhecer a finitude da nossa sabedoria e conhecimento, e confiar, talvez como nos nunca confiamos antes, na presenca transformadora e no poder ilimitado da graca de Deus. Como Bispo em nossa Igreja, eu procurarei exercitar uma lideranca clara, positiva e de oracao nestes dias por vir. Eu peco a voce para fazer o mesmo. Minhas oracoes por voce manterao asbandeiras da fe voando alto. Nos devemos viver nossa fe tao eficazmente e tao redentoramente em contato com a agonia desse momento que as pessoas dirao nos seus coracoes, “Aqui tem esperanca – aqui tem esperanca”.